Começam as assembleias do setor químico na base de Bauru

0
123

Trabalhadores vão apreciar a pré-pauta da campanha salarial do setor visando manter direitos duramente conquistados

Para enfrentar os ataques de toda a ordem em função da Reforma Trabalhista e da profunda crise política e econômica que o Brasil atravessa, manter direitos duramente conquistados ao longo dos anos e ampliar conquistas, os trabalhadores do setor químico, mais do que nunca, precisam estar unidos e mobilizados. Além de todos os retrocessos autorizados pela Reforma Trabalhista, para piorar, agora o Supremo Tribunal Federal decidiu que a terceirização irrestrita é constitucional – antes, só podiam ser terceirizadas as chamadas atividades-meio. Por isso, é importantíssimo a participação de todos na Campanha Salarial e Social dos Trabalhadores nos Setores Industriais Químico e Plástico do Estado de São Paulo, que está começando agora. 

Na área do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas de Bauru e Região (Sindquimbru), as assembleias para apreciar a pré-pauta da Campanha Salarial e Social do Setor Químico começam no próximo dia 3 de setembro. Diretores do Sindicato estarão nas portas das empresas, nos horários de entrada do serviço e/ou troca de turno (veja a agenda abaixo), para apresentar aos trabalhadores a proposta aprovada pelos dirigentes sindicais filiados à Fequimfar. A pré-pauta de reivindicações inclui reajuste salarial pela inflação (estimada em 4,06%) + 2% de aumento real; piso salarial de R$ 1.688,50, PLR no valor de dois pisos salariais e piso do técnico químico de R$ 2.420,00.

A data-base do setor químico é 1.º de novembro. Até o dia 25 de setembro, dirigentes dos sindicatos filiados, com apoio da Fequimfar, CNTQ, Força Sindical e IndustriALL, realizarão assembleias em todo o Estado de São Paulo para que os trabalhadores apreciem a pré-pauta de reivindicações. Sendo aprovada pela categoria, a Pauta de Reivindicações será entregue ao setor patronal do CEAG 10, após assembleia na Federação, no dia 26 de setembro. Neste ano, mais uma vez, a luta será conjunta entre Fequimfar/Força Sindical e Fetquim/CUT.

“Vale ressaltar que um grupo de trabalho permanente, formado por dirigentes da Fequimfar/Força Sindical, Fetquim/CUT, sindicatos filiados e representantes do Grupo CEAG 10 da FIESP, têm se reunido periodicamente para avaliar e deliberar sobre os impactos da reforma trabalhista na Convenção Coletiva de Trabalho do setor químico e plástico. O diálogo está estabelecido e estamos criando propostas que possam se ajustar à nova realidade que temos nas relações trabalhistas”, afirma Edson Dias Bicalho, presidente do Sindquimbru e secretário-geral da (Fequimfar). A Fequimfar e seus sindicatos filiados representam cerca de 130 mil trabalhadores no setor industrial químico e plástico no Estado de São Paulo, que estão distribuídos nos segmentos químicos, plástico, petroquímicos, abrasivos, fertilizantes, cosméticos, tintas e vernizes, entre outros.

Agenda das assembleias na região de Bauru

Pederneiras – 03 e 04 de setembro
Boraceia – 04 de setembro
Agudos – 05 de setembro
Lençóis Paulista – 05 e 06 de setembro
Itapuí –  10 de setembro
Bariri –   11 e 12 de setembro
Jaú –  13 de setembro
Bocaina – 13 de setembro
Arealva – 14 de setembro
Bauru – 17, 18, 19, 20 e 21 de setembro

Fonte: Imprensa do STI Bauru

Deixe uma resposta