ETANOL – Químicos de Araçatuba fecham campanha salarial nas usinas e destilarias

0
165

Foi assinado o Acordo Coletivo de Trabalho do setor do Etanol 2018/2019 com as empresas: Agral S/A Agrícola Aracanguá, Alcoazul S/A – Açúcar e Álcool, Alcoazul S/A Açúcar e Álcool, Aralco S/A Indústria e Comércio, Cafealcool Agroindústria LTDA, Da Mata S/A – Açúcar e Álcool, Destilaria Generalco S/A, Diana Bioenergia Avanhandava S/A, Figueira Indústria e Comércio S/A, Unialco S/A Álcool e Açúcar, Nova Unialco Bioenergia S/A, Virálcool – Açúcar e Álcool LTDA, Pioneiros Bioenergia S/A, Vale do Paraná S/A Álcool e Açúcar, Usina Batatais S/A – Açúcar e Álcool, Renuka do Brasil S/A, Revati S/A – Açúcar e Álcool, Revati Geradora De Energia Elétrica Ltda, Revati Agropecuária LTDA, Clealco Açúcar e Álcool S/A (Unidade Clementina), Clealco Açúcar e Álcool S/A (Unidade Queiroz), Raízen Energia S/A – Filial Benálcool, Raízen Energia S/A – Filial Destivale, Raízen Energia S/A – Filial Mundial e Raízen Energia S/A – Filial Univalem.

Histórico

Inicialmente a bancada patronal não estava propensa a conceder reajuste salarial, dificultando as negociações e propondo um índice bem abaixo da inflação do período, além de tentar retirar benefícios conquistados anteriormente. Porém, o presidente do STI Araçatuba, José Roberto da Cunha, e os demais membros da diretoria não aceitaram a contraproposta e continuaram insistindo em um aumento digno para os trabalhadores do setor, uma vez que o índice de inflação do período foi baixo. O Acordo conquistado foi considerado positivo pela diretoria do STI Araçatuba.

Após muita discussão ficou decidido, em acordo assinado com as empresas que o salário normativo (piso salarial) da categoria, passa a ser de R$ 1.300,00 (um mil e trezentos reais) a partir de 01 de maio de 2018 para todas as empresas citadas acima.

Nas demais faixas salariais o reajuste será de 1,69% (um vírgula sessenta e nove por cento) aplicados sobre os salários vigentes em 30 de abril de 2018 para todas as empresas acima citadas, sendo a única exceção as empresas do grupo Clealco que vão reajustar os salários em 1% (um por cento), porém vão implementar o ticket alimentação no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) para todos os trabalhadores das operações industriais.

O índice de inflação apurado pelo INPC/IBGE entre maio de 2017 e abril de 2018 foi de 1,69%. O reajuste beneficia aproximadamente 8 mil trabalhadores da região, distribuídos em todas as usinas e destilarias. A data base do setor é 1º de maio.

O Acordo Coletivo de Trabalho da Categoria é a garantia de que os direitos dos trabalhadores, conquistados as duras negociações, terão que ser respeitados. Com ele em mãos, o trabalhador se sente mais fortalecido para exigir o cumprimento do mesmo.

Fonte: Imprensa do STI Araçatuba.

Deixe uma resposta