No setor industrial farmacêutico, trabalhadores aprovam Pauta de Reivindicações

0
216

“Nesta Campanha, nossa luta é pelo reajuste e aumento dos salários, valorização do Piso e PLR, além do custeio sindical para fortalecimento da negociação coletiva, mantendo a unidade de ação contra os impactos da reforma trabalhista nos direitos dos trabalhadores e fortalecendo as estruturas sindicais com o objetivo de equilibrar o processo de negociação coletiva.”
Sergio Luiz Leite, Serginho
Presidente da FEQUIMFAR e
1º secretário da Força Sindical

Reunidos em assembleia na manhã de hoje, dia 6 de março, na sede da Federação dos Químicos, em São Paulo SP, dirigentes da FEQUIMFAR e Sindicatos filiados que representam cerca de 20 mil trabalhadores nas indústrias farmacêuticas do estado, avaliaram as assembleias realizadas na base e aprovaram a Pauta de Reivindicações da categoria.

Nesta Campanha Salarial, os trabalhadores setor reivindicam:

Reajuste Salarial: INPC + 3% de Aumento Real
Piso Salarial (Salário Normativo) de R$ 1.900,00
PLR no valor de 2 Salários Normativos
Cartão Alimentação/Cesta Básica: R$ 400,00

“No ano passado, garantimos a ultratividade das cláusulas sociais até 2019. Nesta Campanha, nossa unidade de luta é voltada para melhorias nos salários, Piso e na PLR, com bons reajustes e aumento real.” 
Edson Dias Bicalho,
secretário geral da FEQUIMFAR e
presidente do Sindicato dos Químicos de Bauru e Região

“Temos que manter o avanço de direitos e conquistas em Convenção Coletiva de Trabalho, fazendo valer o negociado sobre o legislado, garantindo também reajustes com aumento real e a valorização do Piso da categoria.”
Antonio Silvan Oliveira,
Presidente do Sindicato dos Químicos de Guarulhos e
da CNTQ (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Químico)

 

Entrega da Pauta

Amanhã, com o objetivo de fortalecer a luta da categoria, dirigentes da FEQUIMFAR/FORÇA SINDICAL e FETQUIM/CUT farão a entrega conjunta da Pauta aos representantes patronais do SINDUSFARMA.

 

Deixe uma resposta