Outubro Rosa: fique atenta e faça o diagnóstico precoce do câncer de mama

0
495

Neste mês são realizadas inúmeras ações para estimular as mulheres  sobre a necessidade de diagnóstico precoce do câncer de mama. Este é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. Neste ano, a ação terá como tema “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?”, de acordo com o Ministério da Saúde.

A mensagem mostra a importância de a mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas. O objetivo é disseminar o maior volume possível de informações sobre acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, contribuindo para a redução da mortalidade.

Em grande parte dos casos, o câncer de mama, quando detectado em sua fase inicial, há mais chances de tratamento e cura. Para mulheres entre 50 e 69 anos, a indicação do Ministério da Saúde é que a mamografia de rastreamento seja realizada a cada dois anos. Este exame pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas. O Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias.

Outubro Rosa

A campanha Outubro Rosa é internacional. Começou na década de 1990, nos EUA, com a iniciativa da Fundação Susan G. Komen for the Cure, maior ONG do mundo voltada para pessoas com câncer de mama. A fundação organizou a primeira Corrida pela Cura e os participantes ganharam o laço rosa para se enfeitar, e o acessório se transformou em símbolo universal contra o câncer de mama.

Anualmente, várias atividades são realizadas no mundo inteiro com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama. No Brasil, as ações de iluminar monumentos e prédios dão visibilidade à campanha: o Obelisco do Ibirapuera em São Paulo, o Cristo Redentor no Rio de Janeiro e o Congresso Nacional.

Maria Auxiliadora dos Santos,
Secretária nacional da Mulher da Força Sindical e
Presidente do Sindicato dos Instrumentos Musicais e Brinquedos

Deixe uma resposta