Químicas participam do Dia Internacional da Mulher

0
212

Neste dia 8 de março, mulheres de várias categorias estivera reunidas no Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde, em São Paulo SP, para debater violência contra a mulher, nova lei trabalhista e reforma da Previdência.

O evento foi organizado pela Secretaria Nacional da Mulher da Força Sindical e da Força Sindical São Paulo.

A programação contou com palestras sobre:

A Reforma Trabalhista e os direitos das mulheres, com Drª Ivani Contini Bramante,  Desembargadora do TRT –SP; Violência Contra a Mulher, com Monica Veloso; e Reforma da Previdência Social, com a Drª Tônia Galetti. Na oportunidade, foi lançado o Prêmio Nair Goulart.

Dirigentes Químicas de várias regiões do estado estiveram presentes reforçando a luta da mulher trabalhadora pela igualdade de gênero, fim da violência e respeito aos direitos.

“Esta data marca um dia de luta da mulher de hoje e da mulher de ontem pela garantia e respeito de nossos direitos e pela igualdade de gênero. O atual cenário da reforma trabalhista só dá mais vigor à nossa luta.”
Laura dos Santos, coordenadora do departamento da mulher da FEQUIMFAR e diretora financeira do STI Itapetininga

“Trazemos o nossa solidariedade e apoio incondicional a todas as companheiras na luta do dia a dia, pois sabemos que o Brasil ainda tem muitas diferenças no que tange assuntos de gênero. Temos muito o que evoluir para corrigir essas injustiças e distorções.”
Edson Dias Bicalho, secretário geral da FEQUIMFAR e presidente do STI Bauru

“Temos uma série de tarefas em 2018, a começar com a reforma da previdência, que, por ora, conseguimos derrotar, mas ainda temos que manter o debate; enfrentar a reforma trabalhista nas campanhas salariais, garantindo o sistema de sobrevivência do movimento sindical, valorizando o trabalho das entidades sindicais; e nas eleições, nosso papel é pautar os candidatos com debates e propostas da classe trabalhadora.”
Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical

 

Maria Auxiliadora dos Santos, secretária nacional da Mulher da Força, lembrou a trajetória da primeira secretária da Mulher da Força, Nair Goulart, que faleceu em 2016 e reafirmou a necessidade continuar lutando contra a desigualdade salarial, violência e a nova lei trabalhista. “Temos uma arma poderosa que é o voto. Neste ano de eleição vamos conhecer mais os candidatos, buscar informações sobre eles e votar bem”, destacou.

Danilo Pereira da Silva, presidente da Força São Paulo, também participou da mesa de abertura e falou que é preciso aumentar o espaço das mulheres em cargos de direção e se propôs a trabalhar para que esta reivindicação se torne realidade.

Serginho também lembrou que neste dia 8 de março, nossa Central comemora 27 anos de existência.

Para acessar as fotos do evento, acesse a Página do Facebook da FEQUIMFAR.

Deixe uma resposta