Químicos da Força de Rio Claro no Dia Nacional de Lutas

0
116

Químicos da Força de Rio Claro no Dia Nacional de Lutas, protestos contra reformas trabalhistas, previdênciaria, desmonte do sistema de saúde, desemprego, em frente Agência da Previdência Social de Rio Claro

“O Dia Nacional de Lutas Contra a Reforma da Previdência Social é um dia histórico, pois já era tempo de irmos para as ruas de todo Brasil lutar contra o retrocesso trabalhista. Não podemos permitir que os trabalhadores percam direitos duramente conquistados, e o movimento sindical tem de superar divergências pois o que nos une são os trabalhadores brasileiros” – Francisco Quintino, presidente do Sindicato dos Químicos de Rio Claro

 Mobilização dos Químicos de Rio Claro é destaque na mídia: Veja a fala do presidente Francisco Quintino ao final do vídeo: https://www.facebook.com/jcrioclaro/videos/1603701666311046/

João Donizeti Scaboli, diretor do departamento de Saúde da FEQUIMFAR e direitor do Sindicato dos Químicos de Jaguariúna, participou da mobilizações E Parabenizou a diretoria do Sindicato dos Químicos de Rio Claro, junto a luta dos movimentos sindicais e sociais, com a participação da FEQUIMFAR/Força Sindical, nas manifestações do 15 de março, no sentido de buscar melhorias, “As reformas trabalhista e previdenciária propostas pelo governo representam um retrocesso à conquista de direitos da classe trabalhadora. Além das reformas, estamos protestando em prol de um patrimônio tão rico na área da saúde, que é o SUS. O que será da população brasileira sem o sistema de saúde? Estamos preocupados com o nível de desemprego, com as futuras gerações, queremos gerar emprego com qualidade, pois nossos trabalhadores estão morrendo e adoecendo nos ambientes de trabalho”, disse João.

Mobilização na empresa TIGRE

Dando continuidade a grande mobilização do dia 15 de março de 2017, contra a proposta do governo de reforma na previdência, o Sindicato dos químicos de Rio Claro, também promoveu, uma manifestação na tarde desta quarta-feira, em frente à empresa Tigre, onde foi levada aos trabalhadores a posição do movimento sindical contra as reformas previdenciária e trabalhista.

 

Deixe uma resposta