Químicos de Rio Claro fortalecem relação com trabalhadores

0
104

Nesta semana, o STI Rio Claro realizou encontro com representantes das empresas da base para concluir a entrega dos cartões do seguro de vida, fazer um balanço das atividades e sortear prêmios para todos os trabalhadores beneficiados pela apólice de seguros.

“Cada vez mais precisamos fortalecer a relação entre capital e trabalho e as negociações coletivas”, diz Francisco Quintino, presidente do STI Rio Claro.

“No momento em que o governo não ajuda nessa relação, se ele não atrapalhar já é um grande avanço”, sugere Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da FEQUIMFAR e diretor do STI Rio Claro.

Para Serginho, é necessário que cada vez mais o Sindicato se aproxime dos trabalhadores. “Neste sentido, é importante usar os mecanismos disponíveis de conquistas na Convenção Coletiva”, destaca. “Os trabalhadores precisam valorizar a entidade sindical como guardiã dos direitos convencionados nas negociações coletivas. Para tanto o êxito será mediante a eficácia da comunicação, quanto mais, melhor”, explica.

“O diálogo entre Sindicato e empresas faz parte da construção de um novo modelo da atividade sindical, sem abrir mão da essência, mas com maturidade, aptidão e disposição para negociações numa nova lógica de representação e representatividade”, completa Serginho.

Deixe uma resposta