CHINA: Reunião com Guy Rider da OIT discute reforma trabalhista no Brasil

0
164

A delegação sindical brasileira participou hoje de reunião com os Ministros do Trabalho e Emprego dos países membros do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) na cidade de Chongqing, na China.

De acordo com o presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical, Sergio Luiz Leite, que acompanhou o encontro, o diálogo entre trabalhadores, empresários e ministros foi positivo.

“Defendemos a institucionalização do Fórum do Brics Sindical, bem como o crescimento econômico com desenvolvimento sustentável, com geração de empregos e ganhos compartilhados. Além disso, as Centrais Sindicais brasileiras também aproveitaram para criticar a reforma trabalhista recentemente aprovada”, falou Serginho.

Reunião com diretor-geral da OIT

“Na oportunidade, criticamos e denunciamos a reforma trabalhista e sindical aprovada no Congresso Nacional e sancionada pelo Governo. Destacamos que ela provoca o desequilíbrio das relações trabalhistas, perdas de direitos consagrados, flexibiliza os contratos de trabalho, com a consequente precarização de direitos”, disse ele.

Além disso, foi exposto a Guy Rider, diretor-geral da OIT, as tratativas com o Governo brasileiro sobre a edição de uma Medida Provisória que minimizem os impactos da nova lei trabalhista e permitam a estruturação, através do custeio sindical, do movimento sindical, possibilitando o enfrentamento e resistência às perdas de direitos. “Entendemos que a reforma não seguiu os princípios de diálogo tripartite consagrados pela OIT, fato este já denunciado mundialmente e que está sendo analisado pela comissão de normas”, destacou.

Deixe uma resposta