Trabalhadores do setor da borracha dizem SIM à greve nacional de 28 de Abril

0
438

No último sábado, 1º de abril, dirigentes da FEQUIMFAR e Força Sindical Nacional e Estadual SP participaram da assembleia geral do Sindicato dos Borracheiros da Grande São Paulo e Região, que discutiu a pauta de reivindicações da campanha salarial deste ano e a mobilização geral do Dia 28 de Abril.

Estiveram presentes Sergio Luiz Leite, Serginho, presidente da FEQUIMFAR e 1º secretário da Força Sindical, Danilo Pereira da Silva, presidente da Força SP e vice-presidente da FEQUIMFAR, e João Carlos Gonçalves, Juruna, secretário geral da Força Sindical.

“A gente está disposto a lutar. Essas reformas propostas pelo governo são um golpe contra o trabalhador”, afirma o presidente do Sindicato dos Borracheiros da Grande São Paulo e Região, Marcio Ferreira.

Ao falar aos sindicalistas, Serginho destacou que aprovação da terceirização pelo governo foi o maior retrocesso trabalhista desde a CLT: “Os trabalhadores brasileiros sofreram um golpe aos seus direitos! Terceirizar tudo, sem preservar direitos é um retrocesso para o Brasil. Mais do que nunca, no Dia 28 de Abril vamos parar o Brasil. Ou no dia 28 a gente para o Brasil ou esse governo vai acabar com os nossos direitos. Vamos precisar ter o Abril de Luta”.

Deixe uma resposta