Unidade portuária aprova greve geral de 28 de abril

0
262

O porto de Santos SP ficará paralisado totalmente, em 28 de abril, sexta-feira da próxima semana, em apoio à greve geral nacional programada pelas centrais sindicais, contra as reformas da previdência e trabalhista do governo federal.

A decisão foi aprovada na manhã desta segunda-feira, dia 17 de abril, em assembleia da unidade portuária, formada por sindicatos dos empregados da companhia docas (Codesp, estatal federal) mais trabalhadores avulsos e vinculados aos terminais privados.

Participaram os sindicatos dos estivadores, operários portuários (Sintraport), funcionários administrativos (Sindaport), rodoviários, operadores de guindastes e empilhadeiras, conferentes, consertadores vigias e trabalhadores de bloco.

A reunião começou às 10h30 e terminou por volta das 12h30, no Sindaport. Os sindicalistas participarão de reuniões com dirigentes de outras categorias, nesta e na próxima semana, para organizar em detalhes a greve na baixada santista e litoral.

Fonte: site da Força Sindical.

Deixe uma resposta